ORGANIZAÇÃO DE MEDICAMENTOS


Todos nós sabemos que os medicamentos devem ser mantidos em locais sem exposição ao sol ou umidade, fora do alcance das crianças, etc. Porém o erro mais comum é mantê-los em locais úmidos como banheiros, violando uma das restrições indicadas nas embalagens e colocando em risco a durabilidade e eficiência do medicamento.

Recomendo abaixo, algumas maneiras de organizar estes itens, facilitando a localização, mantendo a qualidade de preservação dos mesmos.

  1. Armazenar os medicamentos em caixas de plástico ou acrílico transparente, facilitando a visualização dos itens, em locais arejados e de difícil alcance de crianças, podendo até ser dentro de um armário.

  2. Separe os medicamentos por categorias: pediátricos, adultos, curativos, etc. A categorização facilita a busca em momentos de emergências. Há pessoas que preferem a ordem alfabética, mas o critério a ser utilizado deve ser claro e prático para todos os ocupantes do local.

  3. Para ganhar espaço, recomendo o descarte de caixas e embalagens desnecessárias, porém, observe se a validade e identificação do medicamento estão bem nítidos. As bulas podem ser organizadas em ordem alfabética na mesma caixa ou junto do medicamento. Não devendo ser descartada, pois a dosagem e os efeitos colaterais precisam estar sempre ao alcance para sua utilização.

  4. Por último, e não menos importante, realize revisões periódicas – a cada três meses por exemplo, para substituir os medicamentos vencidos por novos. Assim, você e sua família não correm o risco de ingerir medicamentos fora do prazo de validade.

Quanto ao descarte de medicamentos, procure informar-se com o fabricante ou até mesmo nas redes de farmácia, pois algumas delas possuem postos de recolhimento apropriados. Sua responsabilidade é evitar que o material descartado seja utilizado indevidamente ou que cause danos ao meio ambiente.


Posts Recentes
Arquivo